Endodontia. Como não amar?

 

Olá leitores,

Como prometi no post anterior vou falar um pouco do que vi no Masterex sobre os avanços nas áreas que foram abordadas durante o evento.

Devo lembrar que o evento era promovido pela Kavo Kerr e, portanto a ênfase era dada aos seus equipamentos.

Quando falei aqui pela primeira vez sobre endodontia abordei as dificuldades de ser acadêmico e entender a dinâmica da coisa. Aquela endodontia, com pequenas mudanças, ainda é praticada e se seguido o protocolo, dá sim resultado.

Ocorre que a ciência não para.

Num outro post falei da endo tecnológica, com localizadores apicais, os microscópios óticos e a instrumentação rotatória e a idéia da lima única, e de leve comentei sobre os sistemas reciprocantes. Sobre este último eu ainda tenho minhas restrições mas as pesquisas seguem avançando.

Neste evento o Prof. Marcelo dos Santos apresentou mais detalhadamente o sistema TF Adaptive  que nós tivemos a chance de usar durante o hands on. Basicamente o sistema consiste num console com micro motor com quatro possibilidades de programa. Quando no modo reciprocante, a grosso modo, o sistema é capaz de perceber a pressão exercida sobre a lima, alterando o movimento para o sentido contrário, diminuindo o stress sobre a lima e consequentemente os riscos de fratura. As limas do sistema são de NiTi mas são produzidas através da torção do metal, o que confere maior resistência e flexibilidade quando comparada as fabricadas por usinagem. O numero de instrumentos é menor, com um código de cores especifico e que otimiza todo o procedimento.

As vantagens da irrigação ultrassônica passiva (PUI) também foram abordadas e um sistema que faz a irrigação ao mesmo tempo que faz a aspiração intra canal me encantou, mas acreditem, o preço ainda é proibitivo.

Foram algumas horas absorvendo conhecimento, ouvindo sobre como otimizar nossos procedimentos, como diminuir a extrusão de raspas para o periápice, sobre as diferenças entre o Hipoclorito de sódio e a Clorexidina como substância química auxiliar e etc.

Mas na verdade, o bom de participar deste tipo de evento é ver os avanços sim, mas principalmente nos permitir trazer pro nosso dia a dia, ainda que sem toda esta tecnologia, a possibilidade de praticar cada vez mais uma Odontologia  de qualidade baseada em trabalhos científicos, onde o grande beneficiado é o nosso paciente.

No próximo post: Implantodontia

Anúncios
Published in: on 26 de setembro de 2016 at 08:00  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,