Alta rotação e micro motor

gemologyonline.com

O maior vilão no consultório odontológico é sem dúvida o “motorzinho”.

Para nós, ele é praticamente o salvador da pátria.

Quando recebi minha lista de material de dentistica na faculdade, tinha um micro motor doriot (!).

Sem dinheiro pra nada fui recorrer ao meu chefe na época que me emprestou uma alta rotação e um micro motor com fieira.

O que, vc não sabe o que é isso???

Era um micro motor elétrico,  parecido com os atualmente utilizados para implante.

Ele ficava acoplado ao kart através de um braço elevado. Quando não usado era apoiado neste braço por um gancho parecido com os que se fixa soro em enfermarias.  O sistema acionado girava por meio de uma fieira, tipo cadarço. Com o uso essa fieira ia laceando e desfiando, e o braço precisava ser ajustado. O maior problema era quando a fieira arrebentava no meio do atendimento. Além do susto, se não tivesse reserva, bau bau!

Felizmente hoje eu tenho um a ar, que por sinal, ta meio bichado, precisando de manutenção 😦

Mesmo sendo o terror dos pacientes, imagine, se puder, ARTC ou preparo para prótese sem  a alta rotação.

Veja a seguir, a cronologia da invenção, dos instrumentos rotatórios.

James Beal Morrison, dentista de St. Louis (EUA) em 17/02/1871 patenteou o primeiro trépano movido a pedal, iniciando a terapêutica conservadora no sentido moderno.

George F. Green, no ano seguinte, foi o primeiro a demonstrar o motor elétrico adaptado ao trépano, num Congresso da ADA na Niagara Fall (EUA).

O trépano a pedal imprimia algumas centenas de rotações por minuto. O motor elétrico, aproximadamente 4.000 rpm.

Em 1946 o Coronel Dr. Carlos Schnessler, dentista do exército dos EUA consegue 9.000 rpm. Um ano após, Richard W. Page, dentista de Chappaqua, Estado de Nova York, obtém surpreendente resultado com um torno de quatro velocidades, que ia de 15.000 a 200.000 rpm.
Porém, só em 1956 surge a “Alta Rotação” eliminando-se as correias de transmição e engrenagens, sendo colocado uma pequena turbina refrigerada a ar ou a água no contra-ângulo, que gira entre 200.000 a 300.000 rpm.

1957-O Borden Airotor, fabricado pela Dentisply, revoluciona o mercado, como a primeira peça de mão de alta velocidade, diminuindo em 10 vezes o tempo gasto pelo dentista nos procedimentos dentários.

1961-Lançado o Cavitron, aparelho portátil de ultrassom

Pois é, eu costumo brincar que o homem já mandou sonda pra Marte, mas o motorzinho continua com aquele barulho infeliz.

Quem sabe, os cientistas da Nasa não dão um tempo na criação de espuma para travesseiros com memória, e fazem uma turbina, que, se não ficar sem fazer barulho,  pelo menos toque uma musica 🙂

Pensando bem, vai que eles põe uma musica do Luan Santana?!

Melhor o grito de ar!

Eu pesquisei aqui e aqui.

Anúncios
Published in: on 7 de novembro de 2011 at 09:00  Comments (4)  

The URI to TrackBack this entry is: https://odontostalgia.wordpress.com/2011/11/07/alta-rotacao-e-micro-motor/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] bom e VELHO motorzinho do dentista! –> Odontostalgia Em destaque: Alta Rotação e Micro Motor, no […]

  2. YES!…adoro motorzinho

  3. Caríssimo o que é ARTC? Ou seria ART!?
    1 abço

    • Olá Vanderson ARTC(Abertura e remoção de tecido cariado).
      Obrigada pela visita.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: