Supressão da Dôr #1

Ninguém em sã consciência gosta de ter dor.

Vista, nos primórdios, como ações de maus espíritos ou punições por faltas cometidas, as dores eram tratadas pelos sacerdotes que aplicavam remédios naturais e preces.

Observando os animais, os seres humanos passaram a utilizar-se de ervas, como chás ou em fricções, para cura de alguns males. Perceberam que algumas frutas ou plantas causavam sonolência ou excitação.

Em 400 a.C  (aprox.) Hipócrates utilizou água fria e fisioterapia para alívio da dor, introduziu o ópio e a salicina (folha e casca do salgueiro), e usava a compressão das carótidas como forma de anestesia cirúrgica.

Pouco se tem informação sobre o controle da dor nos antepassados. As civilizações Incas da América do Sul se utilizavam de mascar as folhas de coca e a tradicional Medicina Chinesa, da acupuntura.

O uso de drogas especificamente para o controle da dor aparece somente por volta do sec XIX, com a criação da morfina, um derivado do ópio.

Em 1828, Johann Buchner extrai da casca do salgueiro a salicina, da qual se fará o ácido acetil-salicílico, base da Aspirina.

É de 1844 a notícia do primeiro uso da inalação do oxido nitroso durante extrações dentárias

Em 1846, o dentista William Morton passou a utiliza o éter, e fez demonstração pública da sua eficácia.

Posteriormente trocou-se o éter pelo clorofórmio.

A anestesia local passou a ser utilizada a partir da percepção da diminuição de sensibilidade provocada pela cocaína na língua, e em 1898, ela passou a ser utilizada como anestésico por Heinrich Braun.

Ainda hoje é utilizada como base para  a produção de vários anestésicos.

Se hoje tem gente que “detesta” dentista, imaginem antes da Anestesiologia?

Referências: http://www.dor.biochemistry-imm.org

Rev. Bras de Anestesiologia

Anúncios
Published in: on 22 de agosto de 2011 at 10:00  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://odontostalgia.wordpress.com/2011/08/22/supressao-da-dor-1/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] Uma viagem pela história da supressão da dor. –> Odontostalgia […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: